Estranha Utopia



porta janela A estranha estranhices acalentos paixonite Theme
6701Reblogar
"Tenho de proclamar a minha incredulidade. Para mim não há nada de mais elevado que a ideia da inexistência de Deus. O Homem inventou Deus para poder viver sem se matar."
Fiodor Dostoievski.  (via sereno)
542Reblogar
"A densidade de um texto
é diretamente proporcional
a profundidade do abismo
que existe dentro
do escritor."
Sereno.    (via sereno)
3885Reblogar
785Reblogar etcetera-drawings:

thoughts of you come and go,be it bad, be it good, it’s you.

etcetera-drawings:

thoughts of you come and go,
be it bad, be it good,

it’s you.

7398Reblogar beautiful-fungi:

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

beautiful-fungi:

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

25392Reblogar
94Reblogar lalalaindigo:

ॐ

lalalaindigo:

"Mas eu queria te ver bem, mesmo que pra isso, eu precisasse ficar mal."
Sammy, palavrizou.  (via longanimidades)
749Reblogar
27426Reblogar babygoose4eva:

but now we’ll never know
embroidered lyrics

babygoose4eva:

but now we’ll never know

embroidered lyrics

5005Reblogar
2325Reblogar breezyashell:

DJ MAG.  @niccelondon  Shoot by @iamcorrine

breezyashell:

DJ MAG.
@niccelondon
Shoot by @iamcorrine

"Estremecerei de susto até dormir, e no entanto é tudo tão pequeno. Para o desejo do meu coração, o mar é uma gota."
Adélia Prado. (via oxigenio-dapalavra)
2891Reblogar
"Ela disse: “Estou com tanto medo…” E eu perguntei: “Por quê?” Aí, ela respondeu: “Porque estou me sentindo profundamente feliz. E uma felicidade assim é assustadora.” Voltei a perguntar por quê, e ela prosseguiu: “Só permitem que alguém seja assim tão feliz se estão se preparando para lhe tirar algo”."
O Caçador de Pipas. (via sepultos)
18629Reblogar

18poesias:

Existo
Ao parecer, é tudo vago
Ao fundo, é tudo branco
Ausente
Sofrimento é para os corajosos
Poupo-me disso e lanço-me ao mar
Mar de mim, me afogou
Mar que sou, eis-me aqui
Algo mais, capitão?

pó(eta)

14Reblogar
"A religião é um sistema de doutrinas e promessas que, por um lado, lhe explicam os enigmas deste mundo com perfeição invejável e que, por outro lado, lhe garantem que uma Providência cuidadosa velará por sua vida e o compensará, numa existência futura, de quaisquer frustrações que tenha experimentado aqui. O homem comum só pode imaginar essa Providência sob a figura de um pai ilimitadamente engrandecido. Apenas um ser desse tipo pode compreender as necessidades dos filhos dos homens, enternecer-se com suas preces e aplacar-se com os sinais de seu remorso. Tudo é tão patentemente infantil, tão estranho à realidade, que, para qualquer pessoa que manifeste uma atitude amistosa em relação à humanidade, é penoso pensar que a grande maioria dos mortais nunca será capaz de superar essa visão da vida. Mais humilhante ainda é descobrir como é vasto o número de pessoas de hoje que não podem deixar de perceber que essa religião é insustentável e, não obstante isso, tentam defendê-la, item por item, numa série de lamentáveis atos retrógrados."
Sigmund Freud (via incolumo)
67Reblogar



1


Theme